Eyeko Tinted Cream

9 out

Os produtos da Eyeko são as coisas mais fofas do mundo, né? Pena que a marca deu uma rasteira nas brasileiras quando decidiu se estabelecer por aqui, aumentado os preços dos produtos radicalmente (devido as taxas de importação do Brasil).

Hoje o melhor jeito de comprar produtos da Eyeko é pelo site Cherry Culture ou pelo E-bay.

Mas vamos falar um pouco de um dos meus produtos preferidos da marca: o Tinted Cream. A marca o anuncia como um produto 3 em 1: iluminador (brinzer), hidratante e creme para os olhos.

A primeira coisa que chama a atenção é a quantidade de produto que vem em um potinho; é muita coisa. Dura uma vida.

É bom cuidar na hora da aplicação pra não dar uma aparencia de pele manchada. Tem que espalhar bem o produto. O efeito bronzer é bem sutil e bonito.

Como hidratante e creme para os olhos ele não é milagrosos, mas cumpre seu papel direitinho.

É um produtinho legal, eu gosto dele e uso bastante.

Duo Fiber

9 out

 

Cada vez mais temos acesso a este maravilhoso instrumento. Eu sempre achei ele uma ótima aquisição,pois dá conta de várias funções: aplica base, blush, iluminador, pó, bronzer.

Para aquelas que não conhecem, o Duo Fiber é um pincel flat top com fibras naturais (mais curtas) e fibras sintéticas (mas longas). A aplicação de produtos com ele é de forma pontilhada, ou seja você vai aplicando os produtos com leves batidinhas. O acabamento é uma maravilha! Ele é ótimo para produtos cremosos (particularmente bases), compactos ou em pó.

Várias marcas lançaram (ou tentaram) seus duo fibers: MAC (pioneira), Sigma, Boticário, Coastal Scents, Duda Molinos, Klass Vough, Ariana.

Desses eu já experimentei o da MAC (187), o da Sigma, do Boticário e da Coastal Scents.

O da MAC  e da Sigma são bem parecidos: bem densos, quase não cai pelos. A maior diferença é o preço. O da MAC é só um capricho…

O da Coastal Scents é mais magrinho e cai mais pelos, mas também é bem válido. Faz o trabalho bem diretinho.

Já o da Boticário eu não gosto. Nem uso, na verdade. Ele não chega a ser um Duo Fiber, pois nem tem duas fibras. É um flat top sem nada de mais. Eu não recomendo ele, não.

Os outros eu vi em lojas (exceto o Duda Molinos), mas nunca testei. Mas acho todos muito caros (todos custam uns R$40 reais – ou mais). Na minha opinião (e isso vale para quase todos os pinceis) os da Sigma tem o melhor custo/beneficio.

 

 

 

Bazar

28 maio

Estou me desfazendo de alguns produtos que eu comprei e só testei ou nem cheguei a usar… Quem tiver interesse é só entrar em contato.

Benefit:
– Corretivo You’re Bluffing – R$40,00 + frete
Usado 2 ou 3 vezes. Novo e Com caixa.

– Iluminador Miss Popularity – R$30,00 + frete
Usado 2 ou 3 vezes. Novo e com caixa.

Smashbox:
– O-Glow Microcirculating Cheek Color Blush – R$50,00 + frete
Usado 1 vez.

– Baby Buki Brush – R$20,00 + frete
Novo.

Stila:
– Base em Bastão Perfection Foundation cor D – R$55,00 + frete
Usada uma vez. Com caixa

– Convertible Color Dual Lip and Cheek cream Cor Orchid – R$40,00 + frete
Usada uma vez

– Multi-effect Mascara – R$30,00 + frete
Usada um vez.

Clinique:
– Liquid Facial Soap Mild (pele normal a seca) 50ml – R$25,00 + frete
Novo

Anatomicals
– Gel para a área dos olhos No Old Bags Allowed – R$25,00 + frete
Novo. com caixa.

Qualquer dúvida entrar em contato: carolgesser@gmail.com

Make Up For Ever HD Microperfecting Primer

29 abr

Então quando você cruza com um produto que combina primer com a correção que você precisa, este se torna necessário. Como vocês sabem tenho rosáceas nas maçãs no rosto. Parece que estou sempre de blush e embora isso pareça algo sensacional não é; é uma irritação dos poros. E para disfarçar é preciso de uma base com uma cobertura média a forte e um primer pancada.

Quando descobri o Primer verde da Make Up For Ever corri para encontrá-lo e ver se ele era realmente tão milagroso quanto parece.

Ele é um líquido bem espesso e vem numa embalagem bem grande (maior que o Photo Finish, da Smashbox) com uma bomba que dosa super bem a quantidade de produto retirada. E com um pinguinho do tamanho de um milho (na falta de uma comparação melhor) você cobre todo o rosto. A tampa dele é um problema: ela não fecha direito, então você tem que ficar cheia de cuidados na hora de guardar, pois ele pode fazer uma caca muito grande.

A correção do verde é imediata e muito aparente. É um tom de verde bem escuro, quase um musgo claro, ao contrário dos corretivos verdes que eu já experimentei. O da Tracta, por exemplo, é um verde bem claro e tem um fundo um pouco azulado.

E ele, como primer, é muito leve. Você não se sente mal por parecer colocar um óleo ou um silicone no rosto. Isso porque ele não é a base de silicone, como a maioria dos primers. Também é bem sequinho. E deixa a pele bem macia e aveludada, tornando a aplicação da base muito mais tranquila.

Eu realmente amei esse produto. Depois, com a correção do primer mais a base, o resultado é incrível. A pele fica uma porcelana, com um acabamento incrível.

Ele custa U$32 na Sephora, o que é bem caro (eu acho, pelo menos). Mas pra mim, que tenho altas crises com minhas rosáceas, é perfeito.

A durabilidade dele, na verdade, nem é tããão boa. Acho que o Photo Finish e o Magix até podem ser melhores neste sentido. Ele não segura muito a oleosidade, mas o brilho segura de forma bastante digna. Mas aí você aciona o amigo Blot e tá tudo certo.

E é bom lembrar que ele é um produto produzido para efeitos de luz captados por câmeras HD. Então existem coisas sobre o produto que no dia-a-dia não aparentes, mas na frente da câmera são. O acabamento e a reflexão de luz que ele produz são realmente incríveis.  A pele fica muito viçosa e os poros são muito bem disfarçados graças a este primer. Neste sentido ele é muito superior a qualquer outro produto para High Definition que já usei.

Este Primer vem em 7 tons diferentes, cada um com um objetivo de correção ou realce diferente.

Summer Bronze Pérolas – Avon

28 abr

Esse é o famoso “Meteorite” da Avon. É, basicamente, um bronzeador compactado em pequenas pérolas. Quando a Avon lançou este produto, no ano passado, foi um verdadeiro alvoroço (junto com o Magix – querido). O fato é que quando todas as ávidas consumidoras receberam seus potinhos, todas – de forma unânime – ficaram decepcionadas.

O potinho é enorme. E lá no fundinho você vê as pérolas. Aí você pega seu pincel e aplica. Ué. Cadê?

Gente… que produto mequetrefe. R$45? Um roubo! Você compra 2 Eyeko tinted Cream ou um blush da MAC no Morangão por esse preço.

Primeiro que você praticamente precisa moer as pérolas para conseguir levar alguma coisa para o pincel. E ele não aparece. Ai quando você passou um monte, pois não estava dando nenhum efeito, você vê que passou demais e fica laranja.

Sério… esse é o tipo de produto que me revolta. Não recomendo em nenhum sentido.  Muito caro, muito pretensioso, muita enganação.

Mas quero deixar bem claro que não tenho nada contra a Avon. Muito pelo contrário… adoro vários produtos da marca.

Dicas de Bronzer (para todos os bolsos):

Hoola, da Benefit (U$28,00)

Blush Bronze Infinit, da Tracta (R$22,00)

Tinted Cream, da Eyeko (U$10,00)

Pó Bronzeador, da Duda Molinos (R$30,00)

Délice de Poudre, da Bourjois (R$89,00 – ou U$12 na Asos.com)

Cabelo Grisalho – Catharine Hill

28 abr

Na vida real ninguém quer mostrar seus cabelos brancos, o que qualificaria esse produto à categoria dos Absolutamente Aleatórios. Porém, na maquiagem artística esse é um grande achado. A Catharine Hill, até onde eu saiba, é a única marca brasileira que realmente investiu em produtos para maquiagem artística e maquiagem de efeito e um de seus brilhantes elementos é o Cabelo Graisalho.

O Cabelo Grisalho é uma pasta bastante líquida que pode ser aplicada sem crise no cabelo. Sai na lavagem tranquilamente. E a aplicação é bastante simples: penteie o cabelo, embeba um pouco do produto num algodão e aplique no cabelo. Depois passe um pente novamente. A aplicação deve ser continuada até a cor chegar na tonalidade e força desejada. Para a câmera ele tem que ser aplicado com bastante cuidado para não parecer muito fake ou não ficar fraquinho.

Ele não faz muita sujeira, não escorre e dura, sem a cor esmaecer, por umas 3, 4 horas. O cabelo fica um pouco duro, mas ainda tem movimento.

A Catharine Hill o vende por R$23,70 em dois tons: branco e cinza.

É um produto incrível, que dá ótimos resultados. E um vidrinho 60ml, o que rende uma vida.

Maquiagem Vegan e Cruelty Free

24 abr

fonte: Beauty And The Blog

Um assunto que entrou em pauta recentemente nos blogs de beleza mundo a fora e que deve ser discutido é a Maquiagem Vegan. Existem marcas que oferecem produtos sem matéria prima de origem animal. O blog Beauty and the Blog publicou recentemente uma lista com os produtos vendidos pela Sephora totalmente vegans e o blog Luz de Junio fez uma checagens detalhada da lista.

As marcas Urban Decay, Tarte, Pacifica e Boscia são apoiadoras do Peta, não testam seus produtos em animais e não utilizam matéria prima animal em grande parte (ou em todos) seus produtos.

No Brasil somente a linha de cosméticos Amazônia Preciosa possui o certificado de produto Vegan oferecido pelo vegan.org. E as marcas Contém 1g, Racco, Tracta e O boticário não testam seus produtos em animais.