Arquivo | Cursos e Oficinas RSS feed for this section

Curso de Maquiagem Elke

20 maio

Estava passeando bela e formosa pelo centro de Florianópolis quando vejo um banner na frente de uma loja de cosméticos “Curso de Maquiagem Elke Dia 19/05 Inscrições gratuitas”. Já tinha lido em outros blogs sobre o curso que a Elke provove, então decidi dar uma olhada. Imediatamente me matriculei e coloquei o nome de uma amiga junto. Hoje, na hora marcada, fui assistir o tal curso.

O curso realmente foi uma vitrine dos produtos da Elke, mas de uma forma bem sutil e nem um pouco agressiva. Eu respeito muito a Elke e uso os produtos tanto no trabalho quanto no dia a dia, pois acho que essa marca preza pela qualidade dos produtos mantendo um preço acessível.  Dinho, o maquiador, deu dicas muito interessantes e informações curiosas sobre os produtos. Falou que o fabricante do lápis de olhos e das lapiseiras é o mesmo da Dior, por exemplo. Falou também que não existe base oil-free (o que eu achei bem duvidoso) e que pessoas com pele oleosa deviam usar somente pancake (o que eu achei um crime).

Outro crime cometido pelo maquiador foi aplicar várias coisas com os dedos. Sou meio ortodoxa quanto a isso, e aprendi com minha professora de maquiagem do SENAC: você jamais vai usar seus dedos numa maquiagem (pelo menos profissionalmente)! Seus dedos carregam oleosidade que vai influenciar na qualidade da aplicação dos produtos. Tá, tudo bem que ali a proposta era “auto-maquiagem” (aparentemente) e as pessoas podem por seus dedinhos na própria cara. Mas eu tenho certeza que se a Elke fabricasse pincéis ou potencializador de sombra ele não pregaria que a sombra fica mais intensa se aplicada com o dedo!

Mas voltando às informações legais: ele comentou que aquele hábito que toda mulher tem de ficar “batendo” com a escovinha da máscara dentro do frasco estraga o produto, pois permite a entrada de ar comprido.  Outra dica bem legal: pessoas com boca pequena devem evitar batons opacos, ou seja, optar por tons cintilantes.

Em suma foram duas horas até que bem aproveitadas. A maquiagem da modelo ficou super legal (mas não muito natural, como o maquiador afirmava estar) e deu pra conhecer os produtos da Elke. É aquele tipo de curso que quem não sabe nada de maquiagem bóia, quem sabe um pouco aproveita e quem sabe bastante abomina. Mas é sempre uma oportunidade de aprender, né?

Só fiquei curiosa para testar o lápis de olhos e ver se ele é “como um Dior”.

Curso de Auto-maquiagem Contém 1g

18 maio

Recentemente [finalmente] abriu uma loja da Contem 1g só de maquiagem aqui em Florianópolis. Depois dos devidos pulinhos de alegria eu já fui me matricular no curso de auto-maquiagem que eles promovem na loja. Confesso que me inscrevi por dois motivos: para poder fuçar todos os produtos da loja e, convenhamos, é um baita negócio: curso de R$ 100,00 convertidos em produtos.

Achei o curso bem pobrinho; a ‘professora’ era meio prepotente, não mostrava bem as opções de produtos, escolhia uma base sem explicar o porquê. Mas no fim das contas até valeu a pena pra conhecer os produtos e saber no que investir. Acho que o curso pode ser bom pra quem quer aprender o processo da maquiagem, conhecer sua própria pele (descobrir sua base, seus batons, seus blushes) e, de quebra, ainda levar os produtos pra casa (se conseguir a façanha de se manter nos R$100).

Infelizmente na hora de escolher os produtos nada que tinha me interessado tinha em estoque. Acabei comprando um curvex, uma sombra preta opaca em pó, o Creme Fix (primer para olhos), um pincel para base, um pincel retrátil para lábios e a Lip Palette Básica. E ainda ganhei amostra de blush.

Não sou mais super fã da Contem 1g; acho os produtos caros, sem custo/beneficio e o atendimento é bem ruim. Mas acredito que é uma marca que salva nossas vidas, principalmente aqui em Florianópolis (que funciona como cidade pequena) por oferecer primers, matificantes, corretivos coloridos, maquiagem mineral e várias opções de texturas de base, pó e blush além de uma gama legal de cores de sombra e batom.